Quarta-feira, 25 de Maio de 2011

LÁGRIMA DE PRETA

 

Encontrei uma preta

Que estava a chorar,

Pedi-lhe uma lágrima

Para a analisar.

 

Recolhi a lágrima

Com todo o cuidado

Num tubo de ensaio

Bem esterilizado.

 

Olhei-a de um lado,

Do outro e de frente:

Tinha um ar de gota

Muito transparente.

 

Mandei vir os ácidos,

As bases e os sais,

As drogas usadas

Em casos que tais.

 

Ensaiei a frio,

Experimentei ao lume,

De todas as vezes

Deu-me o que é costume:

 

Nem sinais de negro,

Nem vestígios de ódio.

Água (quase tudo)

E cloreto de sódio.

 

 António Gedeão

 

 

Afirmando-se como um dos mais brilhantes e talentosos criadores lusófonos do século XX, Rómulo de Carvalho/António Gedeão, respectivamente, o professor, pedagogo e historiador da ciência, e o seu alter-ego literário, atravessou todas as convulsões e acontecimentos marcantes do nosso século, que se reflectiram no formar-se de um espírito extremamente marcado pelo cepticismo e pela ironia, sempre presentes nos seus poemas.

Licenciado em Ciências Físico-Químicas pela Universidade do Porto em 1931, traduziu como ninguém, a ciência para os leigos, desvendando segredos científicos com a mesma simplicidade com que os exemplificava.

Lisboeta toda uma vida, uniu de forma exemplar, através da sua obra, a ciência e a poesia, a vida e o sonho. Apesar de só aos 50 anos ter decidido publicar o seu primeiro livro de poesia, inaugurando assim uma carreira que se afirmou por si própria na cultura portuguesa, tornou-se uma figura de referência incontornável no imaginário colectivo do povo português, principalmente para toda a geração da "Pedra Filosofal".

 

 

Poucos meses após ter celebrado o seu 90º aniversário, assinalado pela homenagem que lhe foi prestada pelo Ministério de Ciência e de Tecnologia, a sua morte em 19 de Fevereiro 1997, deixa-nos um legado para o futuro, numa sociedade cada vez mais global, onde a união entre Ciências e Humanidades se torna cada vez mais uma necessidade premente.

http://www.citi.pt/cultura/literatura/poesia/antonio_gedeao/index.html

 

tags:
publicado por elosclubedelisboa às 08:03
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Sónia Maria Da Fonseca Pereira a 31 de Maio de 2011 às 15:20
:) UM SENHOR...


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. TE DEUM – JOÃO DOMINGOS B...

. Organização Mundial de Me...

. GALAICO-PORTUGUÊS - LÍNGU...

. MACAU - PADRE RUIZ

. PINTOR ANTÓNIO CASIMIRO

. COISAS DA ÍNDIA - 2

. Beato Diogo de Carvalho

. MUSEU DE ÉVORA

. REPORTAGEM

. “OMENS” SEM “H”

.arquivos

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds