Quarta-feira, 11 de Maio de 2011

RICARDO SEVERO – 4

 (*)

Expedição antropológica à Figueira da Foz, em 30 de Novembro de 1898. A contar da esquerda, Ricardo Severo, António dos Santos Rocha, Pedro Fernandes Tomás e Fonseca Cardoso.

 

 

DISCURSO EM 3 DE SETEMBRO DE 1968 NA POSSE DE SÓCIO DO INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE SÃO PAULO, PELO CÔNSUL-GERAL DE PORTUGAL DR. LUÍS SOARES DE OLIVEIRA TENDO COMO PATRONO RICARDO SEVERO

 

 

 

«Pola Grey» era a divisa inscrita no frontispício da opulenta encadernação. Estava iniciado o primeiro inquérito consciencioso sobre as condições mesológicas e fisiológicas da etogenia portuguesa, onde se procurava identificar, em caracteres determinantes e rigorosos, os tipos nacionais. Pretendia-se o conhecimento integral da «grey» de forma que a sua vida presente e futura pudesse vir a ser a consequência feliz do seu passado.

 

Ouçamo-lo falar da sua Revista: «Obra de revolucionários românticos, demolidora de instituições, baseada contudo no princípio conservador do mais alto tradicionalismo. Condenou o existente para promover o ressurgimento do génio da raça e perscrutava a alma da Grey portuguesa até ao mistério indefinido do Além-História. Entretanto, não representava esta obra de gente moça uma invocação estática do passado mas pretendia levar a efeito a integração do espírito nacional com todos os seus elementos de origem, da carácter, de tradição, de etnia e de história nas formas dinâmicas mais modernas da vida actual».

 

E tudo isto tinha de ser feito à maneira de Ricardo Severo, com elegância e requinte. Em cada página sentimos, na beleza da edição, no acabado esmero das gravuras, na serenidade e erudição da exposição, na cuidada redacção, no interesse palpitante da apresentação de assuntos aparentemente áridos e, até, no fino humor que não deixa de se manifestar aqui e acolá amenizando a gravidade da matéria tratada, a marca inconfundível do Mestre.

 

A empresa era alta. Ricardo Severo sabia que não podia contar com o público. Director, proprietário e editor, prossegue na sua obra com enorme dispêndio de energias morais e materiais. Assim, Ricardo Severo e os seus poucos companheiros de cruzada e de ideal, iam erguendo a pouco e pouco uma obra sólida e brilhante, um estudo científico e probo da nacionalidade. Desprezaram o reclame e a glorieta passageira. Trabalharam movidos pela grande certeza de que, mais tarde ou mais cedo, todo o trabalho honesto frutifica, todo o gesto útil ganha a beleza que os contemporâneos por vezes lhe negam. A toda uma geração que se debatia com o pesadelo do cepticismo doentio, do cansaço precoce e do desânimo desmoralizador, este punhado de bravos portugueses deu uma lição de confiança, de determinação e certeza. Eles foram a expressão viva de «tudo vale a pena» que nos conta o poeta.

 

(continua)

 

 Luís Soares de Oliveira.bmp Luís Soares de Oliveira

 

 (*)http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://4.bp.blogspot.com/_tkLPkU1_0TY/S64rq41Y_EI/AAAAAAAAGT4/PLJGaqGNroM/s1600/Santos%2BRocha.jpg&imgrefurl=http://anibaljosedematos.blogspot.com/2010_03_01_archive.html&usg=__KQMMHVAzCBr1Z4WqK94y9xtbQsA=&h=756&w=863&sz=234&hl=pt-PT&start=74&zoom=1&tbnid=ussZhlPbfnOP5M:&tbnh=171&tbnw=239&ei=1cfJTdHfMcKahQeJjvGsDQ&prev=/search%3Fq%3DRicardo%252BSevero%26um%3D1%26hl%3Dpt-PT%26sa%3DG%26biw%3D1007%26bih%3D681%26tbm%3Disch0%2C2757&um=1&itbs=1&iact=hc&vpx=718&vpy=315&dur=3729&hovh=210&hovw=240&tx=128&ty=106&page=6&ndsp=13&ved=1t:429,r:8,s:74&biw=1007&bih=681

publicado por elosclubedelisboa às 00:12
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. TE DEUM – JOÃO DOMINGOS B...

. Organização Mundial de Me...

. GALAICO-PORTUGUÊS - LÍNGU...

. MACAU - PADRE RUIZ

. PINTOR ANTÓNIO CASIMIRO

. COISAS DA ÍNDIA - 2

. Beato Diogo de Carvalho

. MUSEU DE ÉVORA

. REPORTAGEM

. “OMENS” SEM “H”

.arquivos

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds